Evolução na compra de carro no Brasil

Conhecimentos adversos

Evolução na compra de carro no Brasil

O Artigo intitulado, o Brasil Compra de Automóveis apareceu pela primeira vez no Wall Street Journal, em 1º de agosto de 1925. O artigo é claramente sobre a compra de carros Americanos pelo Brasil e seu povo, e como o comércio internacional de automóveis está começando a pegar. O artigo afirma que, em 1924, Brasileiro, compras Americana de automóveis somaram 5,389 de passageiros, ao contrário 2,136 de passageiros, em 1923.

A tarifa de compra de caminhões também aumentou de 67 para 1,678, mas as motos no entanto desceu, com 60 adquirido em 1923, e a apenas 27 em 1924. O final do artigo, afirma que embora esta seja uma boa tendência, a atual tarifa de compra (de 1925) é baixa, uma vez que o mercado de café estava fazendo mal no momento. O mercado de café foi uma das maiores fontes de receita para o Brasil e seu povo, de modo que este teve um efeito direto sobre a quantidade de automóveis que está sendo adquirido a partir de seu país.

Carros no Brasil

O artigo acima foi escrito, indo diretamente para os fornecedores, como a Ford Motor Company, e adquirir os números exatos das exportações para o Brasil a cada ano. O artigo é relevante, pois mostra que a modernização do Brasil é diretamente afetado por produtos Ocidentais, e que a tendência é ir.

Se os veículos estão sendo usados para o trabalho, em viagens ou lazer, o Brasil está comprando-os, que é tudo o que importa. Suas compras de produtos Americanos coloca-los no mapa como um membro de comércio global, e imediatamente se torna mais importante para os Estados Unidos, como eles estão agora em um novo mercado e parceiro de negócios.

O Artigo intitulado, “o INTERESSE CRESCE NO RIO de janeiro Capital do Brasil Gosta de Automóveis e Automobilismo É Popular.” apareceu pela primeira vez em Detroit Free Press no dia 5 de novembro de 1911. O artigo é especificamente sobre o crescimento do mercado automóvel Americano, no Rio De Janeiro, e é um perfeito exemplo de como o Brasil foi se tornando um importante econômicos de mercado para o U. S, que foi auxiliar de modernização do Brasil, e a ocidental, a tendência que ele estava indo.

Os investimentos

O artigo informa como muitos Americanos empresas de automóveis estavam enviando representantes para o Brasil com modelos de seus respectivos carros na tentativa de lucrar com o Brasil recém-descoberto interesse em automóveis. As empresas de Automóveis estão mostrando grande interesse no Brasil, importunando América do Cônsul-Geral do Brasil para obter informações sobre o país e as condições, para tornar os carros mais adequado para a viagem ao Rio de janeiro, e carros para o interior do Brasil moradores.

O francês e o alemão de fabricantes de automóveis já estavam lucrando, dado que o Brasil tem 200 quilômetros de estradas ao mesmo tempo com uma alta demanda de pessoas que querem usá-los. Rio tem maior demanda para os carros, com 1.500 de suas de 1.100.000 pessoas proprietárias de carros. Com números baixos, ficou claro que o dono de um carro na cidade neste ponto, mostrou que eram da elite status e importância, e a procura disparou.

A redação deste artigo foi ajudado muito pelo fato de que ele foi escrito pelo o Detroit Free Press. Muitos da América importantes empresas de carros da época eram, em Detroit, incluindo o mais importante, a Ford Motor Company. Repórteres foram capaz de ir para a sede de cada empresa e descubra o que eles precisavam Brasileira, auto consumo e de cada empresa e os representantes de que eles estavam enviando a ganhar com isso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *